10 de mar de 2010

EXPEDIÇÃO EM BUSCA DE TERRA - O COMEÇO DE TUDO

As pinturas com terra não são fáceis de fazer. O primeiro passo é procurar a terra certa, na cor certa. Muitas vezes isso se torna uma verdadeira expedição. Existem terras com várias texturas e cores. O resultado da tinta a base de terra é que não tem produtos químicos e não tem cheiro algum. As pinturas são feitas em mdf e a tinta fixa a ponto de poder lavar sem danificar a arte.
Eu pinto com a terra natural, sem pigmentos ou posso misturar tintas na terra. A textura é que importa. A pintura feita de terra tem uma textura única. Eu gosto de soltar a imaginação. Eu sinto a terra quando pinto. É como se a energia que existe na terra se misturasse com a minha e muitas vezes eu me sinto um daqueles artistas do começo dos tempos que gravavam com terra nas paredes das cavernas que eram suas residências.
A vontade de exprimir um sentimento numa imagem e deixar um pouco de você em algum lugar deve ser tão antigo quanto a terra.
Eu não consigo me ver pintando com outro material que não seja terra.
A terra que eu coloco na minha arte parece que comanda o meu pincel. Ela é mais forte que eu. Ela é a mãe e eu a filha obediente. Minha arte é puramente Terra.


Luzia Sobreiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário